Mamografia digital
radiologia em fortaleza

Um planeta em nossas mãos!


Em tempos de aquecimento global, sustentabilidade é um termo obrigatório no vocabulário de todos os que zelam pelo futuro.

Segundo conceito adotado pela Organização das Nações Unidas (ONU), agir de forma sustentável implica “suprir as necessidades da geração presente sem afetar a capacidade das gerações futuras de suprir as próprias necessidades”.

O conceito ganhou espaço a partir da década de 1980. Pesquisadores revelaram que a Terra dava sinais de esgotamento, de que não suportaria os ritmos de aumento da população e do consumo. Uma amostra disso é que entre os anos de 1800 e 1930 – ou seja, num intervalo de 130 anos –, o número de habitantes do planeta cresceu em 1 bilhão; atualmente, graças à ciência e à tecnologia, a Terra ganha um novo bilhão em períodos de apenas 13anos. Isso provoca um consumo cada vez maior de alimentos, água e energia. Outro dado preocupante: todos os dias, as 6,5 bilhões de pessoas do mundo produzem muito, muito lixo: cada americano, por exemplo, descarta diariamente 1,5 kg de resíduos sólidos.

Cuidados com o futuro do nosso planeta azul, portanto, são fundamentais. Contudo, os especialistas alertam que, para adotarmos práticas realmente sustentáveis, cuidar apenas do planeta é pouco.

Veja aqui algumas dicas úteis para o nosso dia a dia:

* Utilize sacolas reutilizáveis para levar suas compras
• Feche a torneira ao escovar os dentes ou fazer a barba
• Diminua o tempo do seu banho. Em cada minuto, você utiliza 16 litros de água
• Antes de guardar os alimentos na geladeira, deixe-os esfriar
• Sempre que puder, desligue os aparelhos da tomada, mesmo em stand by eles consomem energia
• Equilibre o uso dos aparelhos para não sobrecarregar a rede elétrica. Evite, por exemplo, usar o ferro de passar e chuveiro juntos
• Em horários de pico, como das 18h às 21h, evite o uso de muitos aparelhos elétricos
• Quando um cômodo estiver vazio, apague a luz e desligue os aparelhos elétricos, evitando desperdícios
• Antes de dormir com o televisor ligado, acione o timer para que o aparelho desligue sozinho
• Lâmpadas fluorescentes iluminam mais, gastam menos e duram até 10 vezes mais
• Regule o termostato da geladeira de acordo com a estação do ano. No inverno não é necessário o máximo de refrigeração
• Revise seus documentos antes de imprimi-los, evitando desperdício de papel
• Ao utilizar frente e verso dos papéis, você estará evitando que árvores sejam derrubadas, além de economizar água e energia
• Para não gerar mais lixo, recuse folhetos de propaganda que não forem interessantes para você
• Ao comprar, escolha bens duráveis e de qualidade que não precisam ser frequentemente repostos, agravando a produção de lixo
• Muitos alimentos descartados são fonte de muito valor nutritivo. Aproveite folhas, talos, cascas e sementes em novas receitas
• Cobre do poder público a instalação de lixeiras nas ruas e conscientize seus amigos e colegas
• Para que a reciclagem do lixo aconteça, o primeiro passo é a separação correta do lixo seco e do lixo orgânico
• Se depois de alguns dias notar que legumes apresentam partes estragadas, corte-os, lave bem o que pode ser aproveitado e faça uma seleta de legumes
• Aprenda a reciclar as sobras de alimentos: do feijão, faça sopa. Com arroz, cenoura cozida, carne assada ou o que restou da bacalhoada, prepare deliciosos bolinhos
• Na hora de comprar frutas, verduras e legumes, escolha com os olhos. Tocar os alimentos reduz a sua vida útil
• Ao consumir, prestigie as empresas que adotam atitudes sustentáveis, assim elas começam a se engajar na preservação do planeta
• Dissemine os conceitos de sustentabilidade. Eduque as crianças, conscientize sua família, seus amigos e colegas
• Ao pintar seu imóvel prefira as cores claras para reduzir a necessidade de iluminação artificial
• Compartilhe o carro com outras pessoas e coopere na redução da emissão de gases de efeito estufa.

Envolva-se: Apóie e participe de ações pela preservação dos recursos naturais do planeta!